Sobre Ana Flor

banner_h_abdala

Ana Flor da Água da Terra conta a história de uma mulher na travessia com o tempo. Uma mulher busca silêncio, e em princípio teme, é perseguida por ele. Travessia tecida ali, na estética de uma odisseia, dialogicamente rompida. Repetição. O quase lhe devora, impossível, invisível. Pre(s)sente. Um segredo lhe mora vida, ora morte. A história de uma mulher contada em 37 poemas. Ana Flor vive partida, dor que traz o si. Numa dança muda, a crescente despedida. Na teia de saberes, saber nenhum, o percurso (osso), o mar. Resta a descoberta dos fatos-instantes, experiências do nada, princípios de mundo.

foto_abdalaImagem: Em torno do Mar Morto III, 2008, Feco Hamburger