Titulo Autor      





  Literatura Brasileira/Portuguesa
Sirva o coração em bandeja de cristal líquido
Laïs de Castro

Os contos de Laïs de Castro desenham-se rapidamente – personagem, tempo e lugar. Em sucessão inesperada, com pinceladas curtas, le...
Porto, O
Leda Cartum

O porto é o que resta da partida. Ele está aqui, mas de modo particular. É a plataforma a partir da qual se vislumbra o outro lado...
TRISTAN
Loreana Valentini

O tema celta de Tristan e Iseult tem tal misticismo que continua encantando novas gerações de leitores. A lenda foi narrada por di...
Árvore todas - contos
Luci Collin

Luci Collin é escritora experiente, já circulou por diversas formas de escrita e, neste livro, se vale de muitas delas. Seus “cont...
A palavra algo
Luci Collin

Algo aqui neste livro se faz, tanto quanto se diz. De que espécie será essa alguma coisa – essa coisa alguma? O que será o mistéri...
PAPÉIS DE MARIA DIAS
LUCI COLLIN

Esta não é uma orelha comum pois o livro a que se refere é incomum. Raro. Estranho. No entanto, a história ou as histórias a que s...
A VIDA PELA BOLA
Luiz Guilherme Piva

Nenhum outro ponta de lança do texto brasileiro brinca com a ideia de um jogo de bola como Piva. A palavra como a brincante redond...
NOTURNO
Marcelo Coelho

O autor fala de sensações muito particulares, de aguçamentos de sensibilidade bem próprios, mas que dizem respeito, de forma diret...
Patópolis
Marcelo Coelho

“Não gosto do nome “gibi”. Tem algo de ensebado; de “gurizada”; de dobrável; carta de baralho cujas pontas se desfolham em orelhas...
INQUILINA DO INTERVALO
Maria Lúcia Dal Farra

O que surpreende de imediato nesse livro é a juventude da voz, infância desabrochando na adolescência, ocupada em crescer, compree...
NA ESTRADA
Maximiano Campos

A obra que Maximiano Campos vem escrevendo é cíclica e é uma só, escrita e publicada em partes que, por sua vez, cada uma por si, ...
Ó
Nuno Ramos

Esta é a orelha do livro/ por onde o poeta escuta/ se dele falam mal/ ou se o amam”, diz Carlos Drummond de Andrade, predileto de ...
O PÃO DO CORVO
Nuno Ramos

No lugar de humanos se protegendo da matéria imponderável – vulcões, enchentes, tsunamis – quem sabe se não é ela, a matéria, em s...
ADEUS, CAVALO
Nuno Ramos

Longe da chicotada dada no cavalo do conto Kholstomér (1886), de Tolstói (cavalo cuja voz conduz a narrativa, dando origem a um ti...
VERÃO DA LATA, O
Oscar Angel Cesarotto

Lançando mão de expressões fora de uso, de lugares comuns da língua, de palavras já esvaziadas, Cesarotto constrói a sua novela co...
SEDIÇÕES
Oscar Cesarotto

Pensado para ficar entre gêneros como o conto e o ensaio, o livro de Oscar Cesarotto se inscreve na tradição literária de Jonathan...
METAFORMOSE
Paulo Leminski

Nas águas de Narciso os olhos dos deuses que viraram lendas. Coisa boa a ser vista com esse sabor de Catatau. ...
Catatau
Paulo Leminski

O Catatau (1975) de Paulo Leminski é umas das obras-primas da literatura brasileira de invenção do século 20. Escrito durante quas...


Página 3 de 5 - Primeira Anterior 1 2 [3] 4 5 Próxima Ultima


EDITORA ILUMINURAS - LTDA
Rua Inácio Pereira da Rocha, 389 Cep: 05432-011 - São Paulo - SP Tel/Fax: (11) 3031-6161