Guillaume Apollinaire, o prazer e a perversão

Marquês de Sade tem obra reavaliada no ano do bicentenário de sua morte

Desvelando desvios

Simpatia pelo mal

Erotismo é criação

“PERVERSOS, AMANTES E OUTROS TRÁGICOS” LANÇAMENTO DA ILUMINURAS

Só para quem não se choca facilmente

Notas nos jornais