Titulo Autor      


  noticias


sexta-feira, 19 de setembro de 2008

Espectros de terror

A editora Iluminuras lança o estudo panorâmico do escritor norte-americano H.P. Lovecraft sobre a novela gótica que vai de seus primórdios até o início do século XXDizem que o norte-americano H.P. Lovecraft (1890-1937), um dos grandes escritores de literatura sobrenatural do século XX, era homossexual, misantropo e amigo do bruxo Aleister Crowley - que por sinal influenciou a partir da década de 1970 o nosso mago acadêmico Paulo Coelho. Afora os boatos que talvez lhe enriqueçam uma aura misteriosa, de Lovecraft fica mesmo, além de seus escritos ficcionais mirabolantes e assustadores, o texto do ensaio superficial - como toda panorâmica costuma ser - intitulado O Horror Sobrenatural em Literatura que a editora Iluminuras, muito afeita a bons autores soturnos, está publicando agora. Antes de ser uma análise sobre as transformações por que a novela de horror passou ao longo do tempo, o que lhe daria maior substância, o estudo é na verdade uma mera compilação de autores que contribuíram para o gênero, juntando-se a isso pinceladas pessoais da crítica mais cortante que Lovecraft sabe fazer com destreza.O tropel de histórias que se passam em castelos antiqüíssimos, em quartos mal-iluminados e corredores sombrios com heroínas imaculadas perseguidas por vilões tirânicos, seres desconhecidos e situações fantásticas delineiam os caracteres de um percurso literário gótico que começou com as páginas que o inglês Horace Walpole dedicou à história de Manfred, em 1764, no seu O Castelo de Otranto. Mas o que produziu Otranto, excetuando é claro a inventividade de Walpole, foi o sentimento estético do maligno, do sombrio, do noturno, do demoníaco, do pavoroso e do cósmico que desembocou no espírito do século XVIII.



EDITORA ILUMINURAS - LTDA
Rua Inácio Pereira da Rocha, 389 Cep: 05432-011 - São Paulo - SP Tel/Fax: (11) 3031-6161