Titulo Autor      


  noticias


sábado, 3 de julho de 2010

Escritores lançam livro para ajudar as vítimas

Parece até irônico falar em livro, quando flagelados da chuva em Pernambuco e Alagoas precisam de comida, roupa e água para sobreviver. Mas, em momentos de reconstrução como este, muitas vezes do nada, são as palavras que ajudam a alimentar um pouco a reflexão sobre a tragédia humana e o que nos faz fazer parte dela.Investidos contra a ideia de que lutar com as palavras é a "luta mais vã", 21 escritores de renome nacional, além de editores, donos de gráficas e empresários, resolveram se unir em torno de uma causa beneficente. No próximo dia 9, sexta-feira, às 18h, eles lançam, simultaneamente em onze cidades brasileiras (no Recife, será na Livraria Cultura), a coletânea de contos Tempo bom (Iluminuras, 244 páginas, R$ 26), cuja renda será revertida em prol da recuperação das cidades devastadas.Raimundo Carrero, Ronaldo Correia de Brito, Marcelino Freire e Xico Sá são alguns dos que doaram seus textos sem cobrar cachê. Na seleção de 43 contos, organizada pelos editoresSidney Rocha e Cristhiano Aguiar, há outros autores da nova safra, entre eles o carioca Alberto Mussa, recentemente traduzido na França, e o escritor paulista Nelson de Oliveira, nomes em ascensão na literatura contemporânea. O Nordeste está representado - muito bem, obrigado - por um grupo de pernambucanos, paraibanos e cearenses, a maioria radicada no Recife. O crítico literário do Diario de Pernambuco, Thiago Corrêa, também está na coletânea com o conto Angústia."O título do livro traz a referência às enchentes, mas também o aspecto de a obra funcionar por si só, como um momento de boa leitura", comentou o escritor e crítico literário Cristhiano Aguiar, que cedeu dois contos do seu livro Tuas famílias, ainda inédito. A ideia da seleta nasceu de Sidney Rocha há apenas duas semanas, após ver os estragos e os dramas das pessoas aflitas, e foi concretizada em apenas 48 horas. Ao entrar em contato com Samuel Leon, editor da Iluminuras, em São Paulo, com a lista de escritores solidários, ele conseguiu que a obra fosse compilada sem custo algum. Para a finalização, deram contribuição espontânea a MXM Gráfica e a Tectel Distribuidora, que não cobraram despesas de papel e impressão. "É um livro para refletir sobre o quanto a gente se esforça pelo outro", disse.Na coletânea, há textos inéditos ou que foram publicados em revistas segmentadas. Raimundo Carrero, que está presente com o conto Sombra calcinha e nada mais, disse que este é "um momento em que a população está literalmente destruída e que todas as formas de ajudar são importantes". Dois contos, um de Sidney Rocha e outro de Marcelino Freire, foram confeccionados especialmente para o livro e falam de visões sobre a cheia. "É uma maneira de questionar as coisas que têm acontecido e mostrar que a literatura pode ir além", declarou Freire. O livro Tempo bom terá tiragem inicial de 2 mil exemplares. O valor arrecadado com as vendas será doado à entidade sem fins lucrativos Associação Brasileira de ONG (Abong), que integra a rede de solidariedade do SOS Pernambuco.Trecho inédito de "Conto pornográfico um"Marcelino Freire(#) A praça caída em desgraçaA igreja foi para o infernoReza, reza (...)Chuva nojenta!Em cima deste pé de cocoAté quando?Hein, mulher?Será que a gente aguenta?



EDITORA ILUMINURAS - LTDA
Rua Inácio Pereira da Rocha, 389 Cep: 05432-011 - São Paulo - SP Tel/Fax: (11) 3031-6161