Titulo Autor      


  noticias


sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Os famosos e os duendes da morte

Blog - O Espanador"Eu não tinha mais um deus a quem chamar. Meu pai estava morto e ninguém era culpado. Nem ele. Tentei rezar para que os nossos olhos não se encontrassem pela última vez, mas esqueci no meio. Se ela pudesse viver uma outra vida, se encontrasse um outro homem, se tentasse um outro filho. Talvez o seu tempo já seja passado e só agora ela tenha percebido que nada vai voltar e que nada vai acontecer. Que os seus erro nunca mais serão corrigidos. Que o meu nome está sujo para sempre e nem toda água de todos os rios do mundo será suficinte para que eu fique limpo outra vez. A realidade é sempre mais pesada quando descoberta tarde demais."Ainda estou digerindo o livro dessa semana. Não sei se gostei muito ou se ele é só OK. Mas o fato é que Os Famosos e os Duendes da Morte instiga, te faz querer ler. A história parte de um conflito comum no imaginário adolescente: aquele sentimento de não pertencer a lugar nenhum e querer fugir, ver o mundo e, no caso, Bob Dylan.O personagem principal (e também narrador do livro) vive em uma cidadezinha isolada do Rio Grande do Sul. Lá tem uma ponte, onde muitos já se jogaram. Inclusive a sua "musa" JJingle Jangle e o namorado dela, Julian. Julian sobrevive e "assombra" a cidade. Ou vive como uma sombra pela cidade. Enquanto isso, o personagem principal (não lembro dele ter mencionado um nome, poucos personagens têm nome) divaga e "conversa" com JJingle Jangle enquanto vê seus vídeos e escuta Bob Dylan. Aliás, esses dois elementos (Bob Dylan e os vídeos de JJingle Jangle) são bem importantes para a narrativa.



EDITORA ILUMINURAS - LTDA
Rua Inácio Pereira da Rocha, 389 Cep: 05432-011 - São Paulo - SP Tel/Fax: (11) 3031-6161