Titulo Autor      


  noticias


terça-feira, 6 de agosto de 2013

Antologia Na Lata revê obra do poeta Frederico Barbosa

MARCIO AQUILES
DE SÃO PAULO

Criado em ambiente erudito, Frederico Barbosa interessou-se pela poesia por meio do futebol. Quando ele tinha 14 anos, seu pai, o crítico literário João Alexandre Barbosa, lhe apresentou ao poema "Ademir da Guia", de João Cabral de Melo Neto.

Desde então, o garoto palmeirense ficou encantado pela rica expressão verbal que o gênero proporcionava.

Agora, o poeta de 52 anos, diretor da Casa das Rosas há nove, lança "Na Lata", antologia que reúne 35 anos de sua produção literária.

A organização do volume traz a particularidade de ter sido planejada de acordo com eixos temáticos.

Como os poemas haviam sido publicados em diversas mídias --livros, jornais, revistas, sites, redes sociais--, Barbosa considerou que a hierarquização por afinidades estéticas seria mais interessante do que a cronológica.

"Olhei para os primeiros poemas e não via uma linha evolutiva definida. Decidi separar os capítulos de acordo com os procedimentos de escrita utilizados e segundo grupos de significados", diz.

O título da antologia faz menção a essa composição, pois, segundo Barbosa, a ideia era "jogar na lata os textos e ir misturando tudo, como forma de inspiração para colocá-los sob novas perspectivas, de acordo com a estruturação da antologia".



EDITORA ILUMINURAS - LTDA
Rua Inácio Pereira da Rocha, 389 Cep: 05432-011 - São Paulo - SP Tel/Fax: (11) 3031-6161