Titulo Autor      


  noticias


segunda-feira, 10 de agosto de 2015

AS CRIATURAS NUNCA VÊM A PASSEIO

Fonte: Suplemento Cultural-Pernambuco

Escrito por Sidney Rocha

Quem é Jeroni Fernanflor?

Alguém que pode merecer mais do que ódio, amor e compaixão.

Está vivo e caminha desobrigado de verdades. Mas de qual verdade cuidaria, num mundo da mais-valia, do mais-que-verdade, do sonho da hipérbole devastadora por todos os lados?

Para o escritor,a verdade só é possível no largo universo da linguagem. Ela iguala tudo: indivíduo e multidão. E Jeroni está preso a esse beiral: o pesadelo coletivo de solidão, o sonho do individualismo inalcançável.Quem é?

Fernanflor é o retratista, retrato e retratado em Fernanflor, meu romance.

Ele não acredita na salvação se não chegamos sozinhos lá e, nisso, inaugura a desumanidade mais humana, porque reconhece a tragédia de sempre precisarmos do Outro para nos contemplar. O Outro nos preenche. O Eu é um truque ao espelho.

Fernanflor talvez considere tolice amar qualquer sonho de liberdade, essa Ilha.

Mas isso são ideias altas ou demasiadas ou em vão.

Personagens não são feitos de ideias, mas de coração e experiência. Parte da experiência pode até dá-la o escritor, no entanto o coração e sangue para bombear dá-lo certa estirpe de demônio inato, o tipo com o qual ou se nasce com ele ou não se é escritor, como disse Faulkner.

É no coração humano do personagem que pulsa a verdade.

E é a desumanidade, e não o espírito elevado, a única ferramenta de Jeroni para retratar os seres humanos em torno de sua gana e ganância, maravilhados pela morte, pela vaidade e o dinheiro, onde estão iludidos pela descoberta do gene da felicidade. Jeroni não estranha nenhuma dessas coisas humanas, sofrimentos — paixões; estão doentes de feiuras, têm a vida impregnada por ardis de todo azar. Porém, não é juiz de nada, embora pudesse ter sido tudo o quanto seu desejo fundasse. Assim como é, acredita elevar ao máximo sua experiência humana na Terra.

Pouco importa se o mundo é justo ou injusto. Ele pinta.

Quem?



EDITORA ILUMINURAS - LTDA
Rua Inácio Pereira da Rocha, 389 Cep: 05432-011 - São Paulo - SP Tel/Fax: (11) 3031-6161