Titulo Autor      


  noticias


terça-feira, 23 de junho de 2009

Notas nos jornais

Estadão - Carderno 2

Sem qualquer esperança nas virtudes do homem

O ano era 1787, viviam-se as vésperas da Revolução Francesa. Donatien Alphonse-François (1740-1814), o marquês de Sade, sofria uma infecção nos olhos quando escreveu Os Infortúnios da Virtude, traduzido por Celso Mauro Paciornik.

Inaugurava-se ali a saga das irmãs Justine e Juliette, a heroína virtuosa e a libertina perversa. Elas são a simetria do sistema literário do marquês de Sade - uma não existe sem a outra.

Representam os extremos de uma narrativa dialógica sobre os poderes triunfantes dos vícios e a fraqueza inevitável das virtudes. Sua mensagem pode ser resumida da seguinte forma: todo virtuoso é infeliz. Sade procura sepultar de vez as esperanças do homem no homem.

Estadão - Carderno 2

A paixão de um caçador por jovem sequestrada

Traduzido por Maiza Rocha, Os Mistérios da Selva Negra é ambientado no delta do Rio Ganges, na segunda metade do século 19.

Conta a história de Tremal-Naik, caçador de serpentes que se apaixona por uma jovem, filha de um oficial inglês, sequestrada quando era criança. Chamada de Ada, essa moça é considerada uma virgem sagrada pelos tugues, ferozes seguidores de uma seita indiana.

Com a ajuda de Darma, seu tigre domesticado, o caçador tenta conquistá-la. Autor de Tigres de Mompacem, o italiano Emilio Salgari (1862-1911) foi marinheiro antes de se dedicar às letras. Seus textos se inspiraram nas experiências de viajante. É considerado um dos mais lidos autores de histórias de aventuras.



EDITORA ILUMINURAS - LTDA
Rua Inácio Pereira da Rocha, 389 Cep: 05432-011 - São Paulo - SP Tel/Fax: (11) 3031-6161