Titulo Autor      


  noticias


sábado, 12 de setembro de 2009

O transcriador

Sétimo entrevistado da série de conversas do DC Cultura com os escritores catarinenses, Donaldo Schüler ganhou o Jabuti com a sua tradução do Finnegans Wake, de James JoyceProfessor, escritor, tradutor e filósofo, Donaldo Schüler abre o seu livro de ensaios Na Conquista do Brasil, publicado em 2001, com a seguinte frase: “Em questão está a periferia, nossas origens, nós mesmos”. Sétimo entevistado da série de conversas do DC Cultura com os escritores catarinenses, Schüler, há muito tempo, transita num entre-lugar próprio, sulino, uma zona de fronteira entre o ser catarinense e o ser gaúcho, entre o regional e o universal, entre o clássico e a modernidade.Gaúcho honorário, patrono da Feira do Livro de Porto Alegre em 2004, Donaldo nasceu em Videira, em 25 de setembro de 1932, e reside na capital do Rio Grande do Sul desde os anos 1940, mas diz que nunca perdeu os vínculos com Santa Catarina. Fato que se evidenciou com a publicação, em 1994, de seu principal romance, Império Caboclo, que através de uma narrativa em forma de fragmentos reconta episódios da Guerra do Contestado, conflito que aconteceu entre 1912 e 1916, no Meio-Oeste catarinense, e que teve uma dimensão superior ao de Canudos, registrado por Euclides da Cunha no clássico Os Sertões.Professor titular do Instituto de Letras da UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul), Donaldo Schüler tem mais de 30 livros publicados, entre ensaios críticos, poesia, ficção e literatura infantil, e, agora, está escrevendo uma obra filosófica sobre o buraco. Tradutor de Homero, Platão, Ésquilo e Sófocles, Schüler venceu o Prêmio Jabuti de 2004 por sua versão (Finnicius Revém) do até então tido como intraduzível Finnegans Wake, de James Joyce.No final do mês passado, durante a sua presença na UFSC para uma palestra sobre o poema épico Martín Fierro, do argentino José Hernández, Donaldo foi entrevistado pelo DC Cultura e por sua convidada, a professora e tradutora Dirce Waltrick do Amarante, que também acaba de publicar o livro Para ler Finnegans Wake de James Joyce, pela editora paulista Iluminuras. Leia, a seguir, a conversa com o professor:



EDITORA ILUMINURAS - LTDA
Rua Inácio Pereira da Rocha, 389 Cep: 05432-011 - São Paulo - SP Tel/Fax: (11) 3031-6161