Titulo Autor      


  noticias


terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Coragem, honra e pirataria

Pouco conhecidas no Brasil, obras de Emilio Salgari ganham tradução.

A mais nova é "Os Piratas da Malásia", clássico romance de aventuras em alto mar.

Para muitos, o nome de Emilio Salgari (1862 -1911) na capa de um livro não dirá mais que uma sugestão da ascendência italiana de seu dono. Isto porque, estranhamente, Salgari é um autor pouquíssimo conhecido no Brasil. Aqueles que, no entanto, o guardaram na memória ficarão excitados diante da possibilidade de ler, em português, um de seus textos.

Emilio Salgari é autor de dezenas de livros de aventura, dos quais os mais conhecidos são aqueles protagonizados pelo pirata Sandokan, o Tigre da Malásia. Ignorados pela crítica "séria" da época, seus trabalhos eram best-sellers, que enriqueceram editores espertalhões, mas não seu autor. Assim, sem reconhecimento da intelectualidade, Salgari seguiu como um escritor amado por gerações de jovens italianos (e, mais tarde, europeus, norte-americanos e sul-americanos).

No rol de seus admiradores ilustres há Gabriel Garcia Marquez e Jorge Luis Borges, encantados pela ambientação exótica de seus romances e pelos povos estranhos que nela viviam; Sergio Leone, papa do Spaghetti Western, que fez seus caubóis à imagem e semelhança dos piratas de Salgari, híbridos de heróis e bandidos; Che Guevara, admirador da bravura de seus personagens; e crítico cultural Umberto Eco, que cita Salgari diversas vezes no semi-autobiográfico "A misteriosa chama da Rainha Loana".



EDITORA ILUMINURAS - LTDA
Rua Inácio Pereira da Rocha, 389 Cep: 05432-011 - São Paulo - SP Tel/Fax: (11) 3031-6161