Carrinho

Seu carrinho está vazio.

MAR QUE A NOITE ESCONDE. O

ARAMIS RIBEIRO COSTA

  • R$ 38,00

*LIVRO VENDIDO NO ESTADO.

O livro pode conter pequenas manchas em função da ação do tempo.

Não será permitida troca do livro, exceto em caso de defeitos gráficos.

    

Aleluia!

Ainda se escrevem contos que são contos. O conto que narra, a partir de um núcleo ficcional definido, mesmo que limitado, sem a preocupação da trama. O conto que se exprime pela linguagem e pelos significados recolhidos. O conto na tradição dos clássicos, mas tocado pelo espírito da modernidade.

Hélio Polvora

 

O mar que a noite esconde é o novo volume de contos que Aramis Ribeiro Costa nos entrega após ter publicado diversos títulos, Sempre com grande resposta de público e crítica, e o primeiro depois de A assinatura perdida, lançado por esta editora.

De lá para cá o trabalho deste autor só fez crescer. Sua vocação para colorista ficou mais aguçada, seu humor mais sutil, sua visão do mundo pôs novas cores na paleta. O familiar torna-se, pelas mãos de Aramis Ribeiro Costa, fonte de estranheza, e o que é estranho parece-nos familiar. Nessa proximidade baseia-se a narrativa desse escritor. Uma proximidade que desarma o leitor, para logo enredá-lo em suas certezas e surpreendê-lo em seu próprio emaranhado. A nostalgia e o fracasso, aos quais seus personagens parecem indefectivelmente condenados, são frutos do intento deliberado de levar junto o leitor na busca de uma transcendência que se repete como impossibilidade.

Aramis é um escritor que desdenha artifícios, que busca em seus textos uma dicção quase transparente. E é dessa "transparência" formal que se constitui o seu estilo.

E não se engane o leitor ao imaginar uma narrativa previsível, dessas que hoje ganham prêmios e cuja principal característica é a falta de ofício. Aramis é um artesão da palavra. Suas palavras são delicadas e buscam, como os amantes, a perfeição.

Nessa trilha estreita não há certezas. Sua literatura não emite juízos. Aramis deixa essa tarefa para o leitor. Mas isso, longe de constituir uma realidade deficitária, leva-o a constituir uma nova dimensão da "verdade". Ele passeia seu olhar e as palavras registram aquilo que vê. E se nesses contos o que ainda prevalece é a visão como fator que origina a descrição, ela já vem misturada com a tendência de fazer da descrição o lugar mesmo da expressão. Isso sem nunca desistir do plano formal, pois sabe que não há literatura fora dele.

Seus objetivos são sucessivos e assim pode abarcar tanto as coisas isoladas como aquelas que se perdem no vaivém do quotidiano, tornando inteligível a série e multiplicando as leituras.

Bem-vindo a Aramis Ribeiro Costa.

 

Samuel Leon

 

Baiano de Salvador (1950), Aramis Ribeiro Costa, médico e formado em Letras, publicou os seguintes livros: Quarto escuro, poesias, 1974; A caranguejinha de ouro, Helena Helena e O morro de Caracará, infantis, 1986; A nota de Rosália, contos, 1989; Uma varanda para o jardim, romance, 1993; Espelho partido, poesias, 1996; e A assinatura perdida, contos, 1996. Membro do Instituto Geográfico e Histórico da Bahia, e foi recentemente eleito para a cadeira n° 12 da Academia de Letras da Bahia.  

Autor(a) Aramis Ribeiro Costa
Nº de páginas 160
ISBN 85-7321-101-6
Formato 14x21 cm

Avaliações (0 comentários)

Escreva um comentário

Nota: HTML não suportado.
   Ruim           Bom

Produtos relacionados

Aramis Ribeiro Costa Lit. Brasileira Contos
  • R$ 38,00
Em até 3x sem juros
Comprar
Iluminuras © 2021 - CNPJ 58.122.318/0001-25