Carrinho

Seu carrinho está vazio.

POESIA INGÊNUA E SENTIMENTAL

FRIEDRICH SHILLER

  • R$ 45,00

Produto esgotado

"Para que serve toda a criação poética?" Eu te direi, Leitor, mas diga-me primeiro para que serve a realidade.

GOETHE E SCHILLE

Na história da literatura e, principalmente, na história do teatro, Friedrich Schiller costuma figurar, ao lado de Goethe, entre os autores do classicismo alemão. Paradoxalmente, no entanto, seu ensaio Poesia ingênua e sentimental se apresenta, segundo o historiador Hans Robert Jauss, "como um primeiro ato daquela 'revolução estética’ consumada logo depois pela primeira geração dos românticos Friedrich Schlegel e Novalis". Para Jauss, a proximidade de Schiller (que se caracterizava a si próprio como um poeta sentimental) com o romantismo só poderá surpreender àquele que não considera o quanto os românticos se dedicaram ao estudo da Grécia e de Roma.

O presente volume tenta situar o pensamento schilleriano no conjunto das reflexões estéticas do século XVIII, tratando de temas como o da criação poética, do ingênuo e sentimental, e da determinação recíproca entre os gêneros da poesia e da arte. A tradução do ensaio Poesia ingênua e sentimental é acompanhada de notas e comentários que visam elucidar as passagens do texto, ressaltando-lhes, para além dos pontos de contato com outros pensadores, a especificidade e a originalidade.  

Autor(a) Friedrich Schiller
Tradutor(a) Márcio Suzuki
Nº de páginas 152
ISBN 85-85219-45-9
Formato 14x21cm

Tradutores

Marcio Suzuki

Avaliações (0 comentários)

Escreva um comentário

Nota: HTML não suportado.
   Ruim           Bom

Produtos relacionados

Friedrich Schiller Márcio Suzuki Filosofia Poesia Biblioteca pólen
  • R$ 45,00
Em até 3x sem juros
Comprar
Iluminuras © 2021 - CNPJ 58.122.318/0001-25